quarta-feira, 5 de novembro de 2014

11º Capítulo − O que Taylor Swift faria? ✓



You could be my it girl
Baby you're the shit girl
Lovin' you could be a crime
Crazy how we fit girl
This is it girl
– Jason Derulo in It Girl

− Claro! – Ela saiu. O palco chamou-a. Mal o pode pisar que todos focaram nela. Os dedos corriam pelas teclas do piano encostado no canto. Algo soou como “Next To Me”. As notas e moedas foram amontoando-se no chão, tudo sem pedir nada. Quando acabou e abriu os olhos, pode ver pessoas a erguerem-se para a aplaudir. Demetria sorriu babada ao olhar para ela. Claire saiu do palco e foi ter com ela.
− O que achaste do meu talento vocal? – Ela sorriu.
− Uau! – Ela disse surpreendida. – Tu cantas muito perto de mim. Andei quatro anos no coro da minha escola primária. – Demetria colocou a bandeja debaixo do seu braço.
− Tu cantas?
− Cantava. – Demetria disse com uma certa tristeza no olhar. Ótimo, mais uma charada para Claire descobrir acerca da senhora Lovato.
− Desculpa. Eu não sabia que te iria… − Claire desculpava-se. Ela tinha consciência que havia algo que a magoava.
− Sh… Não te precisas desculpar. Tu conheces-me há pouco tempo, nós ainda somos desconhecidas uma para a outra. Certas coisas acontecem por acaso. – Demetria interrompeu-a colocando um dedo sobre a boca macia e carnuda de Claire.
− Okay, Demi. Vou tentar lembrar-me disso. – Ela beijou a sua mão.
− Demetria! O bar está a lotar e tu paras!? – Eddie pareceu um tanto quanto nervoso, puxou com desespero o colarinho da camisa branca um pouco manchada.
− Acho que estou fudida se não voltar!
− Olha a linguagem, dona Lovato! – Claire bateu de leve no ombro de Demetria. Em resposta, Demetria franziu a testa como desculpa. Claire puxou-a para si e sussurrou-lhe ao ouvido. – Cuida-te! – Demetria ficou surpreendida e murmurou apenas alguma coisa como:
− Deixa estar, minha garota. – Ela beijou a sua bochecha e colocou uma das suas mãos na cintura, o que causou um arrepio a Claire. Claire tirou com dificuldade a mão de Demetria. Ela deixou-a parada no meio do bar, enquanto admirava o caminhar perfeito de Claire. Claire foi para casa tentar ensaiar alguma música para poder cantar nos próximo “espetáculos”. Ela conseguiu ensaiar algumas, mas o seu pensamento estava sempre a pensar em Demetria. Estaria ela a sentir algo pela Lovato? Porque tudo tem de ser extremamente complicado quando se trata de amor?
− Claire? – Alguém a chamou da porta. – Posso tirar um pouco do teu tempo?
− Olá, Dallas! Claro, mas afinal que pergunta é essa?
− Tu estás interessada na Demi? – Dallas era bastante direta e séria. Por um lado era ótimo, porém por outro… Isso afligia o coração de Claire. Lembrava-lhe as cenas em que os criminosos são interrogados.
− Porquê essa pergunta? – Ela sentou-se na beirada da cama.
− Se disser para responderes já, tu não vais. Por isso, eu ouvi a Demi a falar com a Miley uns dias atrás, quando vocês saíram. Elas estavam a falar e a Demi falou em ter beijado o canto da tua boca, porque quer despertar os teus sentidos.
− Ah… − Ela tremeu. – Então, eu não sei bem se é amor, ou apenas se quero uma noite.
− Parece que a Demi está a trabalhar bem. – Dallas sussurrou. – Ah… Que conselho darias a alguém apaixonado?
− Segue o seu coração. Luta por essa pessoa. – Claire sentou-se na cama.
− Isso não é muito cliché? – Ela ajeitou-se.
− Nem tudo o que não gostamos é mau, nem tudo o que gostamos é o melhor para nós. – Ela sorriu, embora não fizesse sentido para Dallas. Elas começaram uma conversa, que levou logo a outra e a outra, a outra…

Saturday, 07:30 P.M. Lovato’s House, Washington D.C.
− Tu és muito engraçada, Dallas! – Elas riran de uma piada tosca de Dallas. A barriga de Claire já doía de tanto rir. Dallas riu pelo riso estranho de Claire. – Hey, a Demi não está a demorar muito?
− Deve ter ficado na cozinha ajudar o Eddie ou ajudar a limpar.
− Ela não é de se atrasar muito e o Eddie já veio. Eu ouvi um barulho nas escadas.
− Não se passou nada. A Demi é uma cabeça no ar, mas nem tanto. – Ela passou as mãos no seu ombro.
− Dallas? Claire? – Uma voz fraca fez-se notar no quarto. – Vocês?
− Demi! Onde foste? – Claire correu para abraçá-la. Demetria ignorou-a e fez um género de “Leitura Labial” com Dallas. Demetria parecia dizer quer lhe dizer “Blonde”? Era isso?
− Ah… Vou andando, parece que alguém me chamou. – Dallas mentiu na tentativa falha de se esquivar.
− Demi? Que porra se passou? – Ela exaltou-se.
− Claire, há uma coisa que precisas de saber antes que saibas da pior maneira. – Ela apertou as suas mãos. Os seus olhos estavam um pouco vermelhos, talvez ela tivesse estado a chorar por um motivo forte. – Lembraste da menina da foto? A minha ex-namorada? A poderosa Taylor Swift, a heart breaker. Ela voltou. – O coração de Claire, nesse momento, estava partido. O que Taylor Swift faria?
− E que mais…?
− Ela veio ao bar e apenas me disse: “Eu amo-te, quero-te para mim. Farei tudo até voltares para mim. Caso isso não aconteça, eu vou infernizar a vida dos teus próximos. Tenho contactos que me podem fornecer informações sobre vocês.”. – As lágrimas rolaram a face borratada com rímel e base.
− Ela não vai fazer nada, okay? – Claire abraçou-a. O seu perfume era leve, mas tinha dias em que era um pouco mais forte.
− Não! Ela é capaz! Ela jurou-me que não partiria o meu coração, mas no final ela partiu-o! – Ela molhava a camisa de Claire. – Eu tenho medo, porque ela pode te magoar! – Ela já gritava na esperança que Claire percebesse o perigo que as rodeava.
− Ela nunca me irá separar de ti! Nunca! – Claire limpou as lágrimas. De seguida beijou a testa de Demetria. – Eu amo o teu sorriso. As tuas lágrimas não merecem escondê-lo. Já jantaste?
− Não, vamos descer? – Demetria afastou o assunto negativo. Desceram em silêncio. Todos já tinham comido alguma coisa, por isso não jantaram. Conversaram sobre coisas aleatórias, sem tocarem no porquê de Demetria ter chegado tarde. Sabiam muito bem que isso não seria bom para ela e para Claire. Dallas falou com todos, caso alguém não soubesse do sucedido.

Continue…
Hi, gatas! Tudo em cima?
Vou ser breve. Visitem esse blog → Imagine LovaticHot! RIGHT NOW!

2 comentários:

  1. Obrigada por divulgar o meu imagine gata <3
    E agora fiquei com medo,o que será que essa garota veio fazer?
    Putz o cap ta demais e pode continuar mocinha rs
    To super ansiosa pro prox....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem precisa agradecer, Pretty!
      *Suspense* Ela veio para causar, meio óbvio? Agora o quê? Hum... aguarde!
      Ain obrigada! E claro que continuo!
      Besos, em breve!
      Besos again, Pretty!

      Excluir