sexta-feira, 24 de outubro de 2014

10º Capítulo − O que importa é a verdade! ✓




When the money's spent
And all my friends have vanished
And I can’t seem to find no help or love for free
I know there’s no need for me to panic
'Cause I’ll find him, I’ll find him next to me
− Emeli Sandé in Next To Me

− Sim. Ah, o teu peito é uma bela almofada. – Disse sapeca.
− Claro! Eu não investiria o meu dinheiro num silicone qualquer! – Demetria gabou-se apalpando os seus seios.
− A sério que colocaste silicone?
− Não! Era só uma brincadeira! – Demetria puxou-a para fora da cama. – Desceram as escadas envergonhadas. Todos estavam a terminar as suas refeições.
− Hey, meninas! – Eddie falou e cruzou as mãos sobre a mesa. – Querem jantar?
− Claro! Estou louca para comer alguma coisa! – Demetria sentou-se, tentou ignorar o facto de ainda se sentir envergonhada.
− A Claire, obviamente! – Selena murmurou para Miley. Miley entendeu a piada com sentido safado e riu-se.
− Será que querem compartilhar a piada com o resto do pessoal? − Claire perguntou. As meninas pararam de rir. – Ah, Dallas?
− Diz! – Dallas comia freneticamente sem olhar uma única vez.
− Será que me podias dar um autógrafo? O reu livro “All Of You” é o meu favorito. – Claire deu pulinhos de entusiasmo.
− Meu Deus! Eu estou a viver com uma fã! Ganhei a lotaria! – Dallas parou de comer e levantou-se da sua cadeira. Abraçou e beijou Claire como se ela fosse a fã, e não Claire. Demetria apenas ficou a olhar Dallas a pegar na sua garota, ou pelo menos, era o que ela queria que fosse. Dallas autografou, enquanto Claire apertava o livro contra o seu peito farto.
− Está tarde, não? – Demetria quebrou o seu próprio silêncio.
− Mas são apenas onze e catorze, vem para aqui! – Miley chamou-a. Demetria tinha ficado com uns certos ciúmes sem que Claire reparasse.
− Estou cansada. Amanhã tenho de me levantar cedo. – Demetria segurou as lágrimas. Isto era um sinal de amor. De todas as ficantes ou namoradas que ela apresentou, ela nunca fez isto, porquê? Porque já eram oficiais no seu nome. As pessoas já diziam “Esta é a nova ficante ou namorada da Lovato.” Mesmo quando não assumia o seu sentimento, ela deixava-as viver. Talvez fosse o medo de a perder.
− Deixa-a! Ela precisa pensar. – Madison puxou Miley. Ela tinha doze anos, mas sabia mais sobre Demetria do que a própria.

Saturday, 08:16 A.M. Lovato’s House, Washington D.C.
− O quê? − Claire acordou sobressaltada devido aos gritos vindos da sala. Podia-se ouvir a voz preocupada de Demetria e Dallas.
− Vá chamá-la, Dallas! – Demetria gritou com uma voz preocupada.
− Porque não vais tu? Vocês não são ficantes? – Dallas confrontou-a. A típica “Dallas Acabada de Acordar” sempre maldisposta e a mandar indiretas bastante diretas.
− Não é ficante! Ela significa muito para mim. Se fosse para isso já teria havido sexo e ela não merece ser apenas mais uma ficante, uma diversão. – Após ouvir isto, Claire abriu um enorme sorriso. Demetria queria algo mais que uma noite, uma lembrança esquecida.
− Okay, eu vou acordar a tua “amor”! – Dallas entrou bruscamente. Claire fechou os olhos para fingir que estava a dormir. − Claire? Podes vir até lá em baixo? A Demi disse que há uma coisa que talvez te possa interessar.
− Claro! Já vou! − Claire disse com uma voz falha e levantou-se de seguida. Desceu as escadas demoradamente.
− Claire! Vem! Rápido! – A dona da voz que mexia com ela chegou. Puxou a sua mão de leve e arrastou-a para perto da televisão, digamos colada à televisão.

 “Ontem, dia 21 de Junho pelas onze horas da manhã, foi vista Claire Longoria, filha de Eva longoria, acompanhada de uma menina cuja identidade não sabemos.
O que fará sozinha em Washington D.C.? Quer dizer, rodeada de estranhos, será que a menina de cabelos rosa é a mais nova nora de Eva? A menina indefesa que saía unicamente com a sua mãe para filmagens fora do seu estado, está agora sozinha? Será que Longoria sabe o que a mais nova Longoria estará a fazer?
Fique ligado no Full Fame!

Claire suava frio e tremia, o coração disparou e os olhos quase lacrimejavam. O que Eva falaria em público? Daria a cara? Desmentiria? Ou far-se-ia de vítima? A última era a mais assustadora. A sua vida estava sem nenhuma luz. E a imagem que tinham de Claire? Falaram dela como se fosse uma criança mimada que não podia ficar sozinha sem ser atacada.
− Respira fundo! Aquele apresentador tinha uma aparência de louco, não? – Demetria tinha sempre uma piada ou uma “distração” na ponta da língua. O que resultou em primeiro tempo.
− Eu tenho medo do que a Eva possa vir a falar. – As lágrimas soltaram-se.      
O que importa é a verdade! Não o que ela falará! – Demetria acarinhou e beijou as suas mãos. – Vamos para o bar? Não importa se a carraça do Wilmer vier.
− Okay! Talvez seja o melhor. – Demetria abraçou-se a Claire e foram para o seu quarto vestir-se. Foram a pé para o bar, demorou mais do que os outros dias, elas tiveram a excelente ideia de irem nas cavalitas uma da outra.
− Calma! Tu pesas mais que um pedregulho! – Demetria fez biquinho em reação de ofensa. Meu Deus, Claire queria desfazê-lo com beijos, mas não seria possível de momento. – Brincadeira! – Ela gaguejou sem saber porquê. Era Demetria? – Vou falar com o George, sim? – Claire dirigiu-se aos escritórios, onde certamente George estaria a tratar da papelada.
− Claro, mais tarde, Da... Darcy! – George trocou o nome a alguém assim que viu Claire. Ele estava a namoriscar alguém?
− Uh! Temos amor no ar, Mr. George?
− E tu e a Demi, já começaram o namoro? – Ripostou.
− Eu vim cá para te dizer a minha solução sobre esses problemas. – Mudou de assunto na cara dura. – E sim! Antes que me perguntes se mudei de assunto.
− Doida! E qual é essa solução? – Ele deu um gritinho fininho que a fez rir.
− Estou disposta a cantar para os teus clientes, mas para isso tens de pagar sete dólares, o que me dizes?
− Parece uma boa ideia, mas se calhar esse dinheiro será para a reparação dos vidros. − Claire bateu no seu ombro. – Okay! Era uma brincadeira idiota. Queres começar hoje?
− Claro! – Ela saiu. O palco chamou-a. Mal o pode pisar que todos focaram nela. Os dedos corriam pelas teclas do piano encostado no canto. Algo soou como “Next To Me”. As notas e moedas foram amontoando-se no chão, tudo sem pedir nada. Quando acabou e abriu os olhos, pode ver pessoas a erguerem-se para a aplaudir. Demetria sorriu babada ao olhar para ela. Claire saiu do palco e foi ter com ela.
− O que achaste do meu talento vocal? – Ela sorriu.


Continue...

Hi Girls! Tudo bem? O que acharam do cap. de hoje?

Para quem não sabe, ou seja, ninguém! Eu escrevi-me aqui no Críticas DeFanFics. Por isso, vou por aqui a minha nota, crítica e selinho.

Crítica:

Olá!
Aqui está mais uma crítica. Espero que a escritora concorde.

Atenção: Esta crítica é a uma fanfic que contém homossexualidade. Os críticos do Críticas de Fanfics (CDF) não têm preconceito (tal como a escritora da fanfic), mas se o leitor tiver, simplesmente não leia. Obrigado.

Status do blog:
Nome: Queen Demi Lovato
Dona do blog: Seven Lovato.
Fanfic a ser criticada: Who’s That Girl?

A fanfic foi criticada até ao capítulo 9.

Visual/Gadgets e outros…: Não tenho nada a falar.

Sinopse e Personagens: Enquanto leitor, achei a sinopse um pouco inacabada devido à última frase com que terminou. Não “soa” como um final. Mas gostei. Quanto aos personagens, acho que foram muito bem trabalhados e teve consciência dos pormenores (como a “Seu Nome” ter Smith e o seu primo, George, ter o sobrenome/apelido igual. É raro os escritores se lembrarem dessas coisas). Gostei.

Capítulos: Percebi que tem alguns problemas com os tempos verbais das frases. “Usa” a 1ª pessoa do conjuntivo quando devia “utilizar” a 1ª pessoa do indicativo ou vice versa. Tenha cuidado com isso. Quanto a “estrangeirismos”, “New Yorque” é considerado erro. Ou escreve New York ou Nova Iorque.

Gostei muito da ideia. Não foi um romance que aconteceu logo, de uma forma rápida. Está a progredir com o tempo.

Dicas:

1 - Tenha cuidado com os tempos verbais das frases e outros erros gramaticais e ortográficos.

A minha nota vai ser alta devido à ideia e à forma como o romance não aconteceu de forma rápida, mas os erros gramaticais são graves e isso fez baixar um pouco a nota.

Nota 8,5.

A fanfic foi aprovada por mim, Rui, e vai ter que colocar a crítica no seu BLOG, tal como está escrito nas regras.

Obrigado por se inscrever no Críticas de Fanfics.


Selo:

2 comentários:

  1. Hey gata cap magnifico
    To amando o imagine
    Continua please....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, gata! Obrigada ^_^
      Obrigada novamente. Também adoro o seu imagine! Quero mais, sim U_U?
      Em breve, não perca
      Beijos <3

      Excluir