quarta-feira, 22 de outubro de 2014

04º Capítulo − Eu não queria ser precipitada, mas poderíamos marcar uma saída um destes dias ✓



Boy, oh killing me softly
And I'm still falling, still the one I need
I will always be with you
Oh you got me open
Don't ever let me go
Say it real loud if you fly
If you leave me you out of your mind
− Beyoncé in Countdown
− Desculpe, sente-se bem? – A menina com cabelo rosa perguntou. – Você lê All Of You?
− Não tem problema. Sim, eu ainda leio. Eu amo esta escritora. – Pegou no livro. – Você quer se sentar comigo?
− Talvez eu não possa, mas okay. Trata-me por tu. − Claire e a menina sentaram-se nas mesas do fundo. – Sabias que essa escritora é minha irmã?
− O quê? Oh meu Deus… Espera, quem és afinal? − Claire perguntou.
− Eu? Sou a Demetria Lovato, ou melhor, a Demi Lovato. – Demetria sorriu.
− A famosa Demi? A Miley e Sel falavam-me muito de ti. Mesmo muito, tu nem imaginas. − Claire riu.
− Então sou famosa, por estes lados?
− Digamos que sim… Mas queria saber algo mais sobre ti. Posso? − Claire interrogou curiosamente.
− Claro, pergunta que eu respondo. – Demetria tinha os olhos a brilhar.
− Trabalhas com o George? – Claire estava encantada com a beleza de Demetria, ela mal pestanejava.
− Sim, eu trabalho com ele. Ele é demais, digamos, que ele é o menino perfeito. – Demetria sorria de orelha a orelha, sempre que os seus olhares se cruzavam, Demetria dava um sorrisinho.
− Tu és apaixonada por ele? − Claire desfez o sorriso, ao pensar que Demetria teria uma paixão por ele, o seu primo.
− Oh não, ele é o meu melhor amigo, ele ajudou-me muito com o Wilmer. – Claire ficou aliviada e de queixo caído com o que acabara de ouvir.
− O George é meu primo e o Wilmer foi teu namorado?
− Maravilha, sendo assim podes ver-me todos os dias, ou melhor, quando quiseres. Sim, aquele brutamontes foi. – Demetria parou de sorrir.
− É claro que eu venho. O Wilmer é definitivamente um sacana. Ele também foi meu namorado há algum tempo. – Demetria fez uma careta e ambas riram.
− Demetria vem trabalhar antes que sejas despedida novamente. – Uma voz masculina ecoou pelo bar. Demetria tirou um pequeno bloco de notas e uma caneta e escreveu alguma coisa nele e colocou-o sobre a mesa para que Claire pegasse nele.
Claire pegou no bilhetinho dobrado em cima da mesa, tinha um leve perfume de rosas. Como ele cheirava bem. Abriu com cuidado.

" Gata, desculpa. Não podia ir-me embora sem terminar a nossa conversa, bem interessante. Eu adoraria tê-la terminado pessoalmente, porém o meu querido padrasto chamou-me de Demetria, ou seja, sarilhos a dobrar para mim.
Eu não queria ser precipitada, mas poderíamos marcar uma saída um destes dias. Que me dizes? O meu número é 910259699. Espero que não guardes este bilhetinho no bolso das calças e te esqueças dele.
Beijos,
Demi, ou melhor, Dem’s"

Claire admirou a caligrafia, voltou a cheirar o pequeno bilhete, enquanto observava Demetria atender os clientes. Claire pegou na sua mala de ombro e saiu em direção à cozinha.

Thursday, 8:35 P.M. Taxi, Los Angeles
− Selena Marie Gomez! Miley? Garotas? – Claire gritou os nomes das amigas.
− Desculpa, mas precisas de ajuda? – Era a mesma voz masculina, que chamou por Lovato no bar.
− Oh sim, sabe-me dizer onde está a Selena e a Miley? – Claire ficou meia travada em perguntar pelas amigas a um desconhecido.
− Claro, afinal sou o “tio” dessas pestes. Desculpa, sou o Eddie, padrasto da Demi.
− Claro, como me poderia esquecer de si. E muitíssimo obrigada. – Eddie guiou Claire até à cozinha, ou melhor, até aos doces.
− Buu! – Claire saltou em cima de Miley e Selena.
Caralho! Olha os doces! – Ambas gritaram com o susto, porém começaram a rir.
− A educação mandou lembranças, para não falar que os doces são mais importantes que eu. – Ela forçou um biquinho.
− Já vais para casa? – Selena perguntou enquanto discutia com Miley, por causa dos chocolates.
− Oh sim! Eu tenho algo importante a fazer e quero aproveitar. – Claire sorria sem parar.
− Claro, sua safada… – Selena colocou as mãos na boca de Miley.
− Sim, podes ir andando. Nós depois vamos… Para Destiny, isto é meu. – Selena continuava a “dura” discussão. Claire girou os calcanhares e saiu porta fora. Washington D.C. era o verdadeiro paraíso, paisagens fantásticas. Rapidamente o seu pensamento mudou e era Demetria, Demi, Dem’s, Lovato, resumindo Demetria Devonne Lovato. Elas até poderiam dar certo, por exemplo, os seus cabelos, os de Demetria eram rosa e de Claire eram roxos, tatuagens… Mas e se Demetria não fosse lésbica? Poderia ser bissexual?
Claire tirou a chave do bolso traseiro, girou a fechadura e pode ouvir uma voz de uma pré-adolescente.
− Noah, cala-te. A minha mãe deixa, até parece que não a conheces. – A menina falava ao telefone. – Agora tenho de ir realizar "Missão D.ª Diana".
− Olá? Tu és a…? − Claire travou novamente em menos de duas horas, recorde.
− Maddie, quer dizer Madison. Irmã da Demi. E tu és a Claire, certo? – A menina de cabelos castanhos estendeu a mão.
− Sim, sou eu. Prazer em conhecer-te, Maddie.
− Nem sabes o que eu, a Demi e a Dallas sofríamos. Nós decoramos o teu nome completo em menos de duas horas. Como era torturante ouvir a Miley e a Sel contar as mesmas histórias todos os dias. – Madison sorriu para Claire.

Continue…
Hi Guys, tudo bem? O que acharam deste pré-encontro entre a Demi e vocês? E a Maddie? E o Eddie?

2 comentários:

  1. OMG que encontro hein rsrsrs
    Acho que o Eddie é um pouquinho bravo O.o
    Perfeito,amei <3

    ResponderExcluir
  2. Verdade, encontro um pouco fora do normal kkkk
    É um pouquinho, mas vamos entender que ele quer ser o pai que Demi não teve. Pai-galo kkk piada besta, né?
    Obrigada, gata <3

    ResponderExcluir