quarta-feira, 22 de outubro de 2014

05º Capítulo − Aquela garota começava a animá-la… ✓



I said I'd never write a song about love
But when it feels this good
A song fits like a glove
When you hold me, and you tell me
That you missed me, and call me milky
Fuck it, imma write a song about love,
− Jessie J in L.O.V.E.

− Olá? Tu és a…? − Claire travou novamente em menos de duas horas, recorde.
− Maddie, quer dizer Madison. Irmã da Demi. E tu és a Claire, certo? – A menina de cabelos castanhos estendeu a mão.
− Sim, sou eu. Prazer em conhecer-te, Maddie.
− Nem sabes o que eu, a Demi e a Dallas sofríamos. Nós decoramos o teu nome completo em menos de duas horas. Como era torturante ouvir a Miley e a Sel contar as mesmas histórias todos os dias. – Madison sorriu para Claire.
− Uau, isso devia ser o cúmulo dos cúmulos! – Claire fez uma careta hilariante.
− Não era assim tanto. Nós riamos das coisas que elas nos contavam e de as ver felizes. Por isso era bom ouvir falar de ti. – Madison riu despreocupando Claire. – Tirando isso, precisas de ajuda?
− Oh sim, Maddie. Eu preciso de ajuda em arrumar-me para um encontro. − Claire fez um sorriso rasgado.
− Já sei quem foi que te convidou. – Madison piscou-lhe o olho direito. – Mas vem! Vamos ver o que há no teu armário. – Puxou delicadamente as mãos de Claire até ao seu quarto. Abriu o seu guarda-roupa e olhou. – Tu és bem o estilo da Demi. Roupa roqueira, hippie, girl… Entre outros, sobretudo jeans, camisetas de bandas e botas de cano alto. Tal e qual como ela gosta.
− A Demi? Quem disse que foi a Demi? − Claire ficou envergonhada ao pensar que se iria encontrar com uma menina.
− Tenho um dedo que adivinha, Sr.ª Longoria. Agora vamos ao trabalho. – Madison começou a fuçar nas roupas enquanto Claire admirava o “espectáculo”.

Thursday, 9:06 P.M. Lovato’s House, Washington D.C.
Tcharam! O que achas? – Madison perguntou enquanto o queixo de Claire caía.
− Uau, está… Incrível. Parabéns. – Claire não possuía palavras para se expressar. – Maddie, sabes-me dizer-me a que horas chegam a Sel e a Miley?
− Daqui a meia hora devem estar aí. Uma dica: Elas vêem quando menos esperas. Se me dás licença vou ver se a minha mãe já chegou para realizar a “Missão D.ª Dianna”. − Madison riu sapeca, mas Claire não entendia o porquê e apenas confirmou.
Claire pegou novamente no bilhetinho e releu, releu, releu, releu, releu e releu. Até que alguém deu um encontrão na porta do seu quarto.
− Destiny! Já não disse para não me empurrares? É sempre a mesma coisa! – Selena bufou enquanto entrava no quarto de Claire.
− É Miley! Ok, Marie? Ah claro, é sempre a Miley isto e aquilo. Tu é que és cabeçuda! – Miley respondeu sem dar a mínima a Claire.
− E tu? És o quê? – Selena respondeu atarantadamente.
− Nada! – Miley e Selena começaram a rir do nada, literalmente. Claire continuou de paisana.
− Okay, garotas. Eu estou aqui, afinal este é o meu quarto. Repararam nisso também? − Claire chamou à atenção Miley e Selena.
− Desculpa, Claire. Mas é que nós não temos emenda. – Miley e Selena justificaram-se parando a crise de risos para tentar olhar seriamente Claire.
− Okay, okay! Mas eu preciso da vossa ajuda na maquilhagem. Vocês alinham?
− Uh, a Demetria já te convidou a sair? Safadinha aquela Dem’s. – Selena e Miley olharam-se de maneira estranhamente estranha, diga-se.
− Mas que raios! Vocês tiraram mestrado de bruxaria? Ou nasceram assim? – Claire não se conteve, eram as segundas a dizer aquilo.
− Ah? Qual é o mambo? Queimaste algum fusível? É o clima? – Selena perguntou.
− A Maddie disse o mesmo. Agora são vocês com o mesmo palavreado? Ou a Demi tem o mesmo discurso com toda a gente? − Claire não aguentaria a sensação de ser traída pela segunda vez.
− Calma, Clairezinha. É que a Demi… A Demi, ela é uma menina bem interessante. É só isso. – Miley enrolou-se nas palavras tentando acalmar Claire.
− Interessante?! Achas que isso é tranquilizante para mim? Fala sério, Destiny!
− Confia em nós. Achas que te enganaríamos desta forma? Nunca deixaríamos que te magoassem. – Selena ajoelhou-se na frente de Claire.
− Okay, meninas. Eu confio. − Claire abraçou-as selando as pazes. – Falando em coisas sérias, preciso da vossa ajuda na maquilhagem.
− Claro. Vai tomar um banho, que nós vamos ver o há para ficares ainda mais divina. – Selena vasculhou nas maquilhagens de Claire sem a sua permissão.
− Sim, sim. Estou a ir. Tenham cuidado e não exagerem. − Claire estava a passos da casa de banho.
− E desde quando nós exageramos? – Miley perguntou indignada.
− No casamento da Natasha, no baile da primavera, na festa de anos da Marissa, nos meus anos… − Claire contava pelos dedos quantas vezes elas tinham feito uma catástrofe.
− Okay, okay! Nós admitimos, mas o que pode dar mal agora? – Selena disse enquanto experimentava um batom aqui, uma sombra ali e um rímel acolá.
− Claro, vou ficar de olho. – Miley deu um encontrão em Claire que fez com que ela entrasse dentro da casa de banho. – Destiny, vou apertar essa bunda até não sobrar nada.
− Cala a boca e lava-te. – Miley ordenou.

Thursday, 9:21 P.M. Lovato’s House, Washington D.C.
− Isso não! É demasiado! Está perfeito, Sel! – Miley exclamou enquanto servia de cobaia de maquilhagem.
− Claro, fui eu que fiz! – Ela gabou-se como se tivesse feito algo incrivelmente extraordinário. Miley olhou-a num jeito de julgamento e revirou os olhos.
− É, está bom, gosto de coisas simples. Pelo menos vocês não estragam oitenta porcento delas. Só cinco. – Claire enxugou os cabelos, Miley e Selena lançaram-lhe um olhar mortal. – Okay. Vocês são perfeitas em coisas simples.
− Claro, nós sabemos disso. – Selena balançou os cabelos. Miley caiu na gargalhada
− Oh, meu Deus! – Claire lembrou-se que não tinha telefonado a Demetria para marcar a hora do encontro. – Meninas, eu esqueci de lhe dizer que era para hoje, o encontro!
− Telefone-lhe! Ela fica pronta em quinze minutos, tudo o que a gente fez, ela não faz nem metade. – Miley disse enquanto limpava um pincel de base.
− É, gente? − Claire ficou de pé atrás, porém telefonou na mesma. Marcou o número e pronto…

− Ah, Demi? – Ela estava receosa, mesmo tendo o pressentimento que tudo daria bem.
− É ela mesma. Quem fala?
− Sou eu, a Claire!
− Ah, Claire! Que bom! Ligaste-me para…? – Demetria alterou o tom de voz, parecia mais feliz.
− Liguei para dizer que podemos sair hoje. Talvez às dez horas da noite, que me dizes? − Claire continuava de pé atrás.
− Ótimo, vou adorar sair contigo! – Demetria deu aquela gargalhada contagiante. – Então, podes esperar na sala?
− Claro. Vou desligar, okay? – O interior de Claire estava em festa. Aquela garota começava a animá-la…

− Então? Detalhes! Sorrisinho animado, hein? – Miley e Selena tinham uma cara de safada. Os típicos códigos que só elas percebiam.
− Nós vamos sair hoje à noite, como perceberam. Só que ela disse-me para esperar na sala. − Claire não percebia o porquê disso.
− Pois… Mas é melhor ires andando porque já passa um pouquinho das nove e meia, vai andando! Ela pode já lá estar. – Selena disse enquanto a empurrava para fora do quarto.
− Okay, okay. Não me precisas empurrar! Fui! − Claire mandou um beijo no ar e fechou a porta. Desceu as escadas devagar e esperou perto do sofá. Passados minutos ouviu um barulho de saltos vindo das escadas.


Continue…

Depois de muitos séculos sem postar nada. Eu voltei… Eu tive uns problemas, que continuam. E este capítulo, será para a Alida. Ela faleceu há um ano (dia 29). Eu não postei ontem porque não sabia se era dia 27 ou 29 que ela tinha falecido, mas acabei de ver a postagem que fiz para ela há 01 ano e pude confirmar.

2 comentários:

  1. Cap perfeito,amei como sempre
    Adorei a homenagem que vc fez pra sua amiga,slá,mas foi muito nobre <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Júh!
      Obrigada, é bom relembrá-la, ela colocou-me alguns sorrisos enquanto lia a Fic dela. Infelizmente, ela teve um destino um pouco cruel. Obrigada, Júh!

      Excluir